Dispa-se do seu ego

Dispa-se do seu ego!

Escuto essa frase entre os meus pensamentos há pelo menos três dias. E faz muito sentido, já que os sentimentos do ego só atrapalham meu despertar. Tento seguir pelo caminho do amor, mas a todo momento parece que estou prestes a me perder, é como se o caminho fosse muito estreito e precisasse andar quase que me equilibrando.

A primeira coisa que fiz foi entender o que seria o ego. Pesquisando encontrei uma explicação de Deepak Chopra muito interessante:

"O ego é a nossa auto-imagem, não o nosso verdadeiro eu. É caracterizada por rótulos, máscaras, imagens e julgamentos. O verdadeiro eu fica no campo das possibilidades, criatividade, intenções e poder. Podemos ir além do ego através de auto-consciência - a consciência de nossos pensamentos, sentimentos , comportamentos e fala. Assim que começamos nos movemos lentamente do ego para o verdadeiro eu ."

Estamos escondidos atrás da vaidade, orgulho, medo, das crenças arraigadas, e tantos outros sentimentos que só atrapalham nossa evolução e descoberta do nosso verdadeiro eu. São esses os contratempos que encontro a todo momento nesse meu caminho para o amor. Quando percebo já me deixei levar, às vezes é muito difícil até perceber que tropecei, de tão intrínseco que é o sentimento.

Durante minha última sessão, meu "guia espiritual" sugeriu mais uma vez que eu me despisse do meu ego, e fez uma analogia bastante interessante. Comparou o ego a uma caixa preta grande muito difícil de abrir. Primeiro eu procuro uma forma de abri-la e não encontro. Quando encontro percebo que preciso tirar muitas pequenas ataduras. Parece muito trabalhoso e demorado, sinto até vontade de desistir, mas não posso porque sei que lá dentro tem um tesouro muito precioso e sei que é muito importante chegar até ele.

O caminho para o amor existe, pode ser longo, difícil e cansativo, mas o mais importante é nunca desistir, a cada tropeço levanto sacudo a poeira e sigo em frente. Tenho como apoio a luz e amor divino que me sustenta a cada queda. Tenho fé que um dia conseguirei me livrar de todo meu ego e me iluminar alcançando o meu verdadeiro eu.

Segundo Deepak no seu livro "O caminho para o amor" concluo meu pensamento:

"Em cada momento, a partir do segundo em que você foi concebido no útero, sua vida teve amor como tema. Sua existência é uma expressão de amor, a única expressão real que ela pode ter. Tudo mais é uma ilusão."

Nenhum comentário:

Postar um comentário