Ser farol

Costumamos processar sonhos na terapia, sonhos que considero importantes e que possam ter algo para ajudar no tratamento.
Na noite anterior à sessão, sonhei que estava entrevistando o Tarcísio Meira junto com a Patrícia Poeta. Estávamos em uma casa, que poderia ser a dele mesmo, conversando. Em um certo momento a Patrícia diz que morou na casa ao lado da dele, e então, abre uma porta e nos leva até lá. Dentro da casa, que estava vazia, comecei a ter sensações de que algo queria me possuir, fiquei assustada mas resistente, pois lembrava de outras sessões que isso só aconteceria se eu desse permissão.
Isso era o que eu, conscientemente, lembrava do sonho. Durante o processamento, mais revelações foram feitas. Meu "guia espiritual" me acompanha nas cenas como se fossemos expectadores. No momento em que entrei na casa vazia, senti que algo me abraçava forte, contra minha vontade, e dizia que não queria me largar. Nesse mesmo momento chamei logo o Arcanjo Miguel, que prontamente apareceu e encheu o lugar de luz, espantando a "coisa" que queria me abraçar à força. Meu guia então me fez uma pergunta: Você quer ser farol?

Como assim ser farol? Me senti como um filhote aprendendo a caçar. Essa foi a minha primeira impressão. Ele estava me convidando a fazer parte daquilo, me perguntando se queria integrar a alcatéia do bem, a fim de acabar com a "maldade" do mundo. Aquela sessão foi muito especial, outras coisas aconteceram, e logo voltarei para contar.
Voltei para casa com essa idéia: "Ser farol". Curiosa, como sou, pesquisei no google e encontrei um link muito interessante, de um pastor de uma igreja Batista. Lá dizia:

"Estava pensando sobre farol. Fui ver o que significa. Então comecei descobrir algumas características dos faróis. A medida que fui descobrindo fui pensando na família, porque é justamente que este texto da palavra de Deus tenta nos mostrar: Deus coloca cada um de nós como um farol referencial nesta terra. 
Eu não quero simplesmente passar por esta vida. Não estou preocupado com monumentos ou coisas, eu quero ser um instrumento de Deus nessa terra, eu quero ser uma benção. Sabe porque? Porque tudo mais vai passar, mas as coisas da graça de Deus que semeamos são eternas, estas duram pra sempre. Você é um farol, sua casa é farol."

No texto, ainda, ele cita como o farol pode ser utilizado e faz comparações com o nosso cotidiano. Achei muito interessante, encaixava muito bem na situação que tinha vivido.
Fiquei pensando então que Deus, gostaria que eu fosse Seu instrumento, que eu trabalhasse a Seu favor. E aqui estou, espero que em algum momento eu seja farol para alguém e que eu ajude a sinalizar o caminho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário