Regina

Gratidão é o sentimento que sinto quando me lembro que minha última sessão da terapia se aproxima. Isso mesmo, a partir de semana que vem terei alta da terapia com a psicóloga.

Quando em meus textos, cito trechos em que minha psicóloga foi personagem importante, ela diz que foi apenas uma figurante. Não concordo com sua conclusão.

Regina, a psicóloga, foi guia no meu engatinhar para a iluminação e cura dos meus males da mente. Com destreza, soube me levar pelos vales escuros de meu ser, e me ajudou descobrir o farol que dentro de mim estava apagado.

É claro que a cura dos males da mente e do coração, está dentro de cada personalidade, mas faz-se necessário auxílio de alguém capacitado e pronto, para facilitar e amenizar as dores dessa busca.

Regina me ajudou a descobrir que atrás da razão dos meus medos, um dom muito bonito e divino se escondia. Mostrou-me que a mediunidade não é nenhuma doença ou maldição, e sim, um dom a mim atribuído e que posso escolher usá-lo de maneira sadia.

Talvez meu despertar não tivesse acontecido da maneira que ocorreu, se em meu caminho não tivesse encontrado um profissional capaz de leituras além das científicas, descritas em livros técnicos.

Agradeço ao PAI por ter colocado em meu caminho esse canal de luz tão poderoso. Oro para que o amor inunde seu ser todos os dias, e que te de força para continuar a ajudar outras pessoas, como me ajudou.

Gratidão!

Nenhum comentário:

Postar um comentário